Série Lobisomens Notáveis: #6 "Devorador-de-Lótus"


O desafio de reproduzir os personagens de cada um dos meus companheiros que fazem parte do GAROUCAST, (o melhor podcast de Lobisomem o Apocalipse em língua portuguesa!), da forma mais próxima possível de como eles imaginam suas próprias contrapartes no Mundo das Trevas continua nesse novo ano...

A série "Lobisomens Notáveis" estréia em 2018 trazendo para vocês o seu sexto capítulo, onde eu continuo valorosamente em minha demanda em busca de honra e glória dentro do Caern do Nação Garou. O próximo membro de nossa matilha a ser apresentado não poderia ser ninguém menos do que o nosso mestre do indizível, aquele capaz de fazer do silencio um poema, o nosso Paulo Coelho de Gaia, o integrante mais famoso do Porta dos Fundos e guru ritualístico de nossa matilha; Luis Lobianco, mais conhecido na seita dos Corações Antigos como; Pedro "Devorador-de-Lótus" Nogueira, um Hominídeo, Theurge da tribo dos Portadores da Luz Interior e membro do Campo da Árvore Mundo.

DESCRIÇÃO

Em sua forma hominídea “Devorador-de-Lótus” se veste de forma simples e minimalista, preferindo o conforto e praticidade. Por isso ele pode ser visto andando descalço, com roupas velhas e largas, como calças de kimono, ou bermudas antigas e camisetas leves para suportar o calor do sertão onde faz seu refúgio solitário. Desde quando passou a correr com a matilha Vozes do Fogo, o portador da luz interior passou a carregar um Bokken – Uma espada japonesa de madeira – usada como um poderoso fetiche de julgamento. Ele costuma usar os cabelos aparados bem curtos, e uma barba grande e meio ruiva. Em todas as suas formas “Devorador-de-Lótus” possui uma pelagem que mistura branco, preto, acobreado e cinza – Seus olhos são claros, e mudam ligeiramente de cor de acordo com a fase de Luna.

Pedro Nogueira

RESULTADO


CONSIDERAÇÕES

Após um curto período sabático, enfim retornamos a prancheta de esboços e diminuímos em um a nossa contagem regressiva. De longe o Devorador-de-Lotus foi o personagem que teve o processo de pré-concepção mais complexa até agora, foram vários bloqueios artísticos e rascunhos até a imagem final, isso porque o simples é sempre mais difícil. Ele desde o inicio tinha a ideia fixa de um personagem bem rudimentar que misturava alguns elementos da cultura oriental, o que pouco a pouco foi transformando "o simples" em incomum e dai para o exótico havia uma linha ténue. Equilibrar esses elementos de maneira  que eles conversassem sem exagero e mantendo o ar ameaçador inerente dos Garou foi o grande desafio do processo. Para piorar, havia uma enorme pressão para a conclusão do personagem, porque de todos, indiscutivelmente o Pedro sempre foi o mais ansioso pelo resultado da sua arte, e fez desses meses que tiramos de ferias uma campanha sem fim para que o Devorador-de-Lótus em fim ganhasse vida. Alguns meses depois o ex-Fianna (por isso a calça em estilo gaulês) que se encontrou ideologicamente entre os Portadores da Luz interior finalmente chega até vocês.

DELUXE EDITION

Em sua versão de luxo Pedro aparece em meio a um cenário com detalhes orientais e com a icônica Lotús que seu Garou devorou para desvendar o chamado em forma de enigma de seu totem tribal a Quimera.

Peço por gentileza a todos que deixem seus comentários abaixo, pois o Pedro é de câncer, extremamente sensível e emotivo e irá chorar como um infante se vocês não disserem que a arte do personagem dele é a mais foda de todas! kkkk



CONFIRA OS MEMBROS DA MATILHA VOZES DO FOGO

 ALAN - DENTINHO - CEE JAY 


E OS NPC´S OFICIAIS DO CENÁRIO BRASILEIRO


5 Comentários

  1. Ficou FODA! Pride, cara, que maneiro! Adorei. Vamos às considerações: Sei que demorou uma vida pra ser feito e que você, com toda sua tendência massaveio, não queria algo muito simples e sóbrio. E eu acho que você acertou perfeitamente, e acabou ressaltando um elemento importante pros Portadores da Luz: O Equilíbrio. Incorporou a simplicidade com um estilo bem brutal e bad ass.

    Adorei a referência nas calças à cultura Fianna, que era a tribo do Devorador antes do ritual de Renúncia. E adorei todos os símbolos adotados. Especialmente as faixas nos pulsos, e logicamente os pés descalços, que não são apenas um detalhe, são um estilo de vida.

    E por fim, Paulo Coelho de Gaia é a mãe.

    ResponderExcluir
  2. Nuh, o Pedrão tá pistola demais!

    ResponderExcluir
  3. Putz, ficou phoda o desenho e a concepção do personagem.

    ResponderExcluir
  4. Em defesa do Pedroka, é uma Bokken, uma espada de madeira sem fio, mas agora que você comentou, to quase colocando uma no Vingador-da-Weaver, o massavéio chuta bundas da wyrm mais amado do Brasil! hahahahah

    ResponderExcluir