Criança da Noite em Destaque - Capitão Peter





Prelúdio: Era uma prática comum o capitão e os oficiais superiores terem seus próprios “negócios pessoais" à bordo dos navios, transportados às custas da empresa. Peter era exatamente metade de um desses negócios.

Capturado durante uma guerra entre os povos Ashanti e Dagamba, ele foi comprado pelo Capitão Ness junto com outro escravo e ambos foram renomeados como Peter e Paul. O capitão passava algumas horas por dia ensinando-lhes carpintaria e tanoaria na esperança de aumentar seu valor quando chegasse a hora de vendê-los na Jamaica. Eles foram mantidos junto da sobrecarga em um compartimento separado do resto dos escravos, junto com os negócios pessoais do companheiro, na esperança de que escapariam da doença. O que não os ajudou a escapar da água.

A alma de Paul nunca entrou nas Terras das Sombras. Peter, em uma onda de raiva, arrancou sua própria Coifa e tropeçou no convés, mal notando as correntes de relíquia na mão. Ele encontrou Ness e arrancou sua Coifa antes de deixá-lo sem sentidos.

Ele então começou a libertar os 32 escravos que haviam atravessado a Mortalha e levou a tripulação pro compartimento de carga. Pouco depois, quando Peter começava a se perguntar o que fazer a seguir, outro navio fantasma os abordou.

Como um gesto de boa vontade, o capitão do outro navio enviou um habilidoso timoneiro e conduziu o Mary Anne a um porto seguro na costa africana. Ness foi forjado em uma série de algemas que Peter carrega e usa em cada captura bem-sucedida. O Mary Anne logo se tornou outro membro do Corrente Quebrada. Todo o tempo, Peter continuou a usar o nome anglicano que Ness lhe dera; ele não desejava reviver seu tempo como um homem da tribo que foi vendido por seu próprio povo. "Capitão Peter" sim.

A última década foi particularmente difícil para o navio e a tripulação. O influxo de navios de guerra modernos para as forças da Hierarquia levou à perda de vários navios aliados. Peter passou meses em depressão e sofreu Catarse como resultado.

Ele vem fazendo isso há séculos e está começando a se perguntar se realmente está fazendo a diferença. Talvez tenha chegado a hora de levar Mary Anne para a Tempestade e procurar as Costas Distantes....

Imagem: Capitão Peter é um homem Africano impressionante, embora dolorosamente magro, aparentemente com vinte e poucos anos. Seus olhos são duros e seu rosto está em uma expressão nitidamente neutra. Peter não usa nada mais do que o par de calças rasgadas em que ele morreu e uma corrente enrolada em volta de sua cintura.

Notas de Interpretação: Raiva ferve sob sua pele: raiva dos Ashanti que o escravizaram, raiva dos brancos que te compraram, raiva do seu próprio povo por ser muito fraco. Você é cuidadoso em manter essa raiva sob controle e projetar um exterior calmo e sem emoção. Mas em momentos de estresse, ela se solta em uma fúria explosiva que assusta todos à sua volta.

Referência
World of Darkness: Blood-Dimmed Tides, p. 58

0 Comentários