Crianças da Noite em Destaque - Nines Rodriguez


Armando "Nines" Rodriguez, é um Brujah nascido em 1922, que viveu durante o período da Grande Depressão americana e foi um proeminente líder do Movimento Anarquista nos Estados Anárquicos Livres de Los Angeles nas noites modernas. Embora ele mesmo não se visse nessa posição, ele alcançou grande popularidade e influência na cidade, antes mesmo de se envolver nos eventos em torno da morte do príncipe Sebastian LaCroix.

" Bastardos ricos feriram o país, mas eles sofreram? Não, os humildes sofreram "
- Nines Rodriguez


HISTÓRICO

Como membro de uma família de nove pessoas que viviam na pobreza, Armando aprendeu a ser responsável bem cedo, tendo que trabalhar duro ainda muito jovem para sustentar sua família. Mesmo assim, uma série de crises provocadas pelo estado do mundo durante a Grande Depressão ensinou a Rodriguez que o trabalho árduo não é tudo, quando o próprio sistema está trabalhando contra você. Esta lição foi reforçada quando seu irmão mais novo morreu vítima de uma doença, porque a família não podia pagar o preço que o médico local exigia pelo tratamento. Seu Abraço finalmente se deu em 1949 e consedeu a ele o poder que ele precisava para lutar contra a opressão. 

Em algum momento de sua não vida, ele começou a usar o apelido de "Nines", possivelmente como um lembrete de sua família, mas também especula-se que seja possivelmente uma referência a como as pistolas de 9 mm que ele costuma carregar, são chamadas dentro do cenário das armas de fogo; "Game of Nines".

Nines foi uma estrela em ascensão entre os Anarquistas de Los Angeles nas noites modernas, a principal razão pela qual muitos jovens Membros se juntaram ao Movimento Anarquista local . Ele provavelmente seria bem-vindo como um Barão se ele escolhesse, mas ele evita esse tipo de papel de liderança. Maximillian Strauss, um influente Tremere local, chegou a sugerir que, não fosse por suas afiliações políticas declaradas, Rodriguez poderia ser um aliado útil da Camarilla.

Sua ultima aparição oficial, foi uma mencão no romance Gehenna: The Final Night. Seu refúgio foi incendiado por uma gangue de anarquistas rivais chamados MacNeils, assim chamados em homenagem a Jeremy MacNeil, e por um período de tempo muitos se perguntavam se ele estava vivo ou morto de fato.

Apesar dos anarquistas terem se restabelecido em Los Angeles nos dias de hoje, a guerra pelo território continua. A Camarilla, o Wan Kuei de São FranciscoTara Kearney de San Diego , e possivelmente até o Sabá estão no páreo. Enquanto Rodriguez permanece não acreditando que qualquer vampiro deve governar outro - incluindo os Barões - ele nesse momento se vê obrigado a assumir o manto da liderança após a desilusão interna com os eventos envolvendo os MacNeil. Ainda assim, ele não é um estrategista de campo e se vê incerto para onde direcionar suas forças primeiro.


DICAS DE INTERPRETAÇÃO

Nines é rebelde, mas também compassivo é alguém que os jovens Anarquistas podem admirar, mas ele não se considera como um líder de fato, pois ele promove a igualdade de direitos acima de tudo.

Ele odeia a Camarilla e tinha uma cota desse sentimento reservada especialmente pelo antigo príncipe da seita em sua cidade, Sebastian LaCroix, pois ele representava tudo o que ele vive para combater: política, táticas dissimuladas e tirania. 

Embora não requeira títulos  para si, Nines não se manteve entre uma disputa de poder tão acirrada em um dos territórios mais disputados da América a toa. Ele é um vampiro extremamente poderoso, possuindo  uma resistência sobrenatural que o permitiu em certa ocasião derrotar um lobisomem e escapar com apenas alguns ferimentos. Ele é um lutador corporal habilidoso, mas quando é necessário, ele faz uso de suas pistolas 9mm com grande perícia.

2 Comentários

  1. Não sabia que havia qualquer conexão dos eventos do game Bloodlines com o lore oficial do WoD. Show o artigo! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A morte do príncipe LaCroix é cânone, não sendo especificado muito sobre o ocorrido.

      Excluir